domingo, 23 de agosto de 2015

UM TAPA NA CARA DO POVO ILHAGRANDENSE.

      O prefeito de Ilha Grande Herbert Silva abriu licitação para contratação de empresa para prestação de serviços terceirizado para a prefeitura de Ilha Grande no valor de R$ 684.288,91 (Seiscentos e oitenta e quatro mil duzentos e oitenta e oito reais e noventa e um centavos), Pelo período de 01 (um ano) sob alegação de que a prefeitura não poderia fazer contratação direta...
Porém a lei N° 8.745 de 09/12/1993 diz o seguinte. (Para atender a necessidade temporária de excepcional interesse público, os órgãos da Administração Federal direta, as autarquias e as fundações públicas poderão efetuar contratação de pessoal por tempo determinado, nas condições e prazos previstos nesta Lei.).
Portanto, chega-se à conclusão de que realmente, esta Administração não está preocupada com as famílias de Ilha Grande, Pois no momento em que contrata uma empresa de fora para prestar serviços dentro do município de Ilha Grande, esta empresa trará funcionários de outro município para trabalharem em Ilha Grande.

 Como se já não bastasse os muitos cargos que a atual Administração já nomeou de pessoas de fora da cidade.

quinta-feira, 6 de novembro de 2014

LISTA COM SUGESTÃO DE NOMES PARA AS MAMÃES QUE ESTÃO À PROCURA DE NOMES PARA OS SEUS BEBÊS.

Aqui está uma lista de nomes de pessoas de Ilha Grande.

GADINGA
PERÓBA
CABAU
DICUECA
PANELADA
SEUS OLHOS
FÓDA
CHICOIÃO
CUTA
COCÓTA
TÓRINHA
DIAÇUCAR
DABUTI
CHICOTE
CHULICA
MURINGA
CABURÉ
BERMUDA
TORÔ
TICAIM
PIABA
FICHA LIMPA
MELRY HELP
CHUMBADA
MERÓTE
LEBRA
TROUXA
CARNAÚBA
PIMBADA
GOGÓDISSOLA
PERÉBA
ESTOPA

terça-feira, 17 de junho de 2014

ILHA GRANDE TEM 10 NA LISTA DE IRREGULARIDADE EM PRESTAÇÃO DE CONTAS DO TCE.

Tribunal de contas do estado do Piauí divulga lista com nomes de inelegíveis por irregularidades em prestação de contas.
        Em Ilha Grande alguns nomes figuraram na lista, Veja:
Ex-prefeito Henrique Sertão
Ex-prefeito Paulo Rogério
Ex-prefeita Joana D’arc
Ex-vereador Cassunete
Ex-vereador Paulão
Ex-vereador Jaime Meneses
Ex-vereadora Leila
Ex-vereador Edmundo
Ex-secretário de educação Ismael Ferreira
Ex-secretária de saúde Tânia


Fonte: http://www.tce.pi.gov.br/site/outros/doc_view/1231-lista-plenario-e-camaras

domingo, 6 de abril de 2014

Video que prova o que o Lula fez para ganhar as eleições e ser tão popular

BOLSA FAMÍLIA DEVERIA SER MAIS DE 300 REAIS

Dilma cai 6 pontos no Datafolha; Aécio e Campos mantém índices

A presidente Dilma Rousseff caiu 6 pontos porcentuais em pesquisa Datafolha divulgada na tarde deste sábado, 5, e obteve 38% das intenções de voto. As entrevistas foram realizadas nos dias 2 e 3 de abril. No levantamento anterior, feito nos dias 19 e 20 de fevereiro, Dilma obteve 44%. Apesar da queda, a presidente ainda seria reeleita em primeiro turno, se as eleições fossem realizadas agora.
No cenário mais provável da disputa de outubro, Dilma está 12 pontos à frente da soma de seus dois principais adversários, o senador Aécio Neves (PSDB-MG) e o ex-governador Eduardo Campos (PSB-PE). Na pesquisa divulgada no sábado, o mineiro manteve os 16% obtidos em fevereiro e o pernambucano oscilou de 9% para 10%, ou seja, dentro da margem de erro de 2 pontos.
A única possibilidade de realização de segundo turno, segundo o Datafolha, seria com a entrada de Marina Silva (PSB) no lugar de Campos. A ex-ministra obteve 27%, 4 pontos a mais do que o índice de fevereiro. Nesse cenário, Aécio oscila de 15% para 16%.
O instituto também pesquisou cenários com o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva na disputa. Nas duas simulações - em que o petista enfrentaria Aécio e Campos ou Aécio e Marina -, Lula tem desempenho superior ao de Dilma e venceria no primeiro turno em ambas as situações.
Segundo o levantamento, cresceu o pessimismo em relação à economia do País, o que ajudaria a explicar a queda de 6 pontos de Dilma no período. Além disso, há quase um mês o governo enfrenta problemas relacionados à Petrobrás. No dia 18, a presidente respondeu ao Estado que só aprovou a compra de uma refinaria em Pasadena (EUA) em 2006, quando comandava o Conselho de Administração da estatal, porque recebera da diretoria da empresa um documento "falho" e "incompleto". Dois dias depois, um ex-diretor da Petrobrás, Paulo Roberto Costa, foi preso pela Polícia Federal acusado de corrupção passiva.
A exemplo da pesquisa Ibope/Estado divulgada no mês passado, o levantamento do Datafolha aponta que a maioria dos eleitores quer mudanças na condução do País - 72%, segundo os números divulgados neste sábado. No entanto, Aécio e Campos são os últimos nomes apontados como aptos a conduzirem essa mudança, com 13% e 7%, respectivamente. A própria Dilma tem 16% da preferência para conduzir essas mudanças, metade dos 32% obtidos por Lula e em empate técnico com os 17% de Marina.